Seja Contra a Psicopedagogia Como Profissão

Nos próximos dias será votado um parecer do Deputado Mendes Filho
(PMDB/RS) pela constitucionalidade do Projeto de Lei 3124/97, que dispõe
sobre a regulamentação da profissão de Psicopedagogo.

Nos próximos dias será votado um parecer do Deputado Mendes Filho
(PMDB/RS) pela constitucionalidade do Projeto de Lei 3124/97, que dispõe
sobre a regulamentação da profissão de Psicopedagogo.

O Conselho Regional de Psicologia de São Paulo manifesta sua posição
contrária à aprovação do PL 3124/97.

Estamos encaminhando um manifesto que deverá ser enviado para a Comissão
de Constituição e Justiça e Redação – CCJR
Clique aqui e confira os e-mails dos Deputados membros da CCJR

Ou acesse o formulário no link abaixo, preencha os campos nome e e-mail
e clique em enviar, que automaticamente seu manifesto será enviado.
Link para o formulário, clique aqui.

Manifesto:

Manifestamos nossa posição contrária à aprovação
do PL 3124/97 que dispõe sobre a regulamentação da profissão
de Psicopedagogo.
A Psicopedagogia já é exercida por psicólogos e pedagogos
que estão plenamente habilitados, pelas suas formações
graduadas, para exercê-la.

,

4 Responses to Seja Contra a Psicopedagogia Como Profissão

  1. Sóstenes P. Alves 9 de junho de 2015 at 17:46 #

    Concordo Marcos Demarchi, tem espaço para todos.

  2. Andréia Rocha 30 de março de 2014 at 3:32 #

    Aff!

  3. Andréia Rocha 30 de março de 2014 at 3:23 #

    Aff!

  4. Marcos Demarchi 30 de março de 2014 at 3:21 #

    Que absurdo isso, os psicólogos estão apelando, pedagogo é pedagogo e psicólogo é psicólogo e psicopedagogo é psicopedagogo, ambos são profissões diferentes. fala sério.