O prazer da gordura

Cientistas da Universidade de Oxford, na Inglaterra, conseguiram responder à pergunta que há muito intriga os gulosos: porque tudo o que engorda é bom? A resposta está no cérebro. Os cientistas descobriram que os alimentos ricos em gordura agem na mesma região cerebral ativada por estímulos prazerosos, como um carinho ou a inalação de um perfume: o córtex cingulado. Efeito semelhante acontecequando se consome doces. O artigo foi publicado recentemente no Journal of Neuroscience.

[url=http://veja.abril.uol.com.br/260504/p_065.html]Fonte: Revista Veja Online[/url]
Cientistas da Universidade de Oxford, na Inglaterra, conseguiram responder à pergunta que há muito intriga os gulosos: porque tudo o que engorda é bom? A resposta está no cérebro. Os cientistas descobriram que os alimentos ricos em gordura agem na mesma região cerebral ativada por estímulos prazerosos, como um carinho ou a inalação de um perfume: o córtex cingulado. Efeito semelhante acontecequando se consome doces. O artigo foi publicado recentemente no Journal of Neuroscience.

[url=http://veja.abril.uol.com.br/260504/p_065.html]Fonte: Revista Veja Online[/url]

,

Comments are closed.