Mal de Alzheimer deixa intactas certas áreas da memória

As pessoas afetadas pelo mal de Alzheimer conservam uma parte da memória intacta, a usada pelo aprendizado, mesmo que se apaguem as lembranças e a memória em relação às pessoas próximas, revelam trabalhos que serão publicados na revista Neuron. Esta descoberta pode ser uma nova pista na luta contra a perda de funções cognitivas, afirmaram os cientistas do Instituto Médico Howard Hughes, em Saint-Louis, nos Estados Unidos.

[url=http://noticias.bol.com.br/saude/2004/06/09/ult306u11943.jhtm]Fonte: Brasil Online[/url]
As pessoas afetadas pelo mal de Alzheimer conservam uma parte da memória intacta, a usada pelo aprendizado, mesmo que se apaguem as lembranças e a memória em relação às pessoas próximas, revelam trabalhos que serão publicados na revista Neuron. Esta descoberta pode ser uma nova pista na luta contra a perda de funções cognitivas, afirmaram os cientistas do Instituto Médico Howard Hughes, em Saint-Louis, nos Estados Unidos.

[url=http://noticias.bol.com.br/saude/2004/06/09/ult306u11943.jhtm]Fonte: Brasil Online[/url]

,

Comments are closed.