Violência e falta de segurança favorecem manejo de armas de fogo por crianças

Estudos anteriores sempre se focaram em fatores de risco individuais para explicar o comportamento de crianças e adolescentes que em alguma ocasião poderiam ter sido flagradas portando armas de fogo. Uma investigação publicada recentemente no periódico Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine avaliou a influência da vizinhança sobre esse tipo de comportamento em comunidades participantes do Project on Human Development in Chicago Neighborhoods. Segundo foi constatado por estudiosos da Harvard School of Public Health, em Massachussets, nos EUA, crianças e adolescentes que vivem em áreas urbanas violentas e carentes de segurança pública exibem risco aumentado de portarem uma arma de fogo. Os pesquisadores também sugerem que medidas que melhorem a qualidade de vida e diminuam a violência nessas áreas podem prevenir o manejo de armas de fogo pelos jovens.

[url=http://archpedi.ama-assn.org/cgi/content/full/158/7/657]Fonte: Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine Vol. 158 No. 7, pages 657-664, July 2004 [/url]
Estudos anteriores sempre se focaram em fatores de risco individuais para explicar o comportamento de crianças e adolescentes que em alguma ocasião poderiam ter sido flagradas portando armas de fogo. Uma investigação publicada recentemente no periódico Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine avaliou a influência da vizinhança sobre esse tipo de comportamento em comunidades participantes do Project on Human Development in Chicago Neighborhoods. Segundo foi constatado por estudiosos da Harvard School of Public Health, em Massachussets, nos EUA, crianças e adolescentes que vivem em áreas urbanas violentas e carentes de segurança pública exibem risco aumentado de portarem uma arma de fogo. Os pesquisadores também sugerem que medidas que melhorem a qualidade de vida e diminuam a violência nessas áreas podem prevenir o manejo de armas de fogo pelos jovens.

[url=http://archpedi.ama-assn.org/cgi/content/full/158/7/657]Fonte: Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine Vol. 158 No. 7, pages 657-664, July 2004 [/url]

,

Comments are closed.