Jovens alcoolizados são a maioria dos mortos em acidentes de trânsito em Porto A

Hoje, em todo o mundo, a principal causa de morte até os 40 anos de vida são as causas externas. No Brasil, em 20 anos (1980-2000), esse tipo de óbito subiu de 52,9%, para 70%, e as principais causas são os homicídios e acidentes de trânsito. Sobre este último caso, as estimativas nacionais apontam que na metade das ocorrências fatais há presença de etanol no sangue das vítimas, sejam elas motoristas, passageiros ou pedestres. Estudo gaúcho revelou que mais de um terço (37,7%) das vítimas fatais no ano de 2002 apresentava alcoolemia positiva (qualquer concentração) – um total de 146 em 387 mortes. Segundo o levantamento, na maioria dos casos, os envolvidos são jovens de 21 a 30 anos (23,26%, ou 90 casos), do sexo masculino (80,1%, ou 310) e brancos (90,18%, 349).

[url=http://www.radiobras.gov.br/ct/materia.phtml?tipo=MA&q=1&materia=195472]Fonte: Agência Brasil de Notícias Online[/url]
Hoje, em todo o mundo, a principal causa de morte até os 40 anos de vida são as causas externas. No Brasil, em 20 anos (1980-2000), esse tipo de óbito subiu de 52,9%, para 70%, e as principais causas são os homicídios e acidentes de trânsito. Sobre este último caso, as estimativas nacionais apontam que na metade das ocorrências fatais há presença de etanol no sangue das vítimas, sejam elas motoristas, passageiros ou pedestres. Estudo gaúcho revelou que mais de um terço (37,7%) das vítimas fatais no ano de 2002 apresentava alcoolemia positiva (qualquer concentração) – um total de 146 em 387 mortes. Segundo o levantamento, na maioria dos casos, os envolvidos são jovens de 21 a 30 anos (23,26%, ou 90 casos), do sexo masculino (80,1%, ou 310) e brancos (90,18%, 349).

[url=http://www.radiobras.gov.br/ct/materia.phtml?tipo=MA&q=1&materia=195472]Fonte: Agência Brasil de Notícias Online[/url]

,

Comments are closed.