Humor de diferentes gêneros

Cientistas de órgãos de pesquisa do governo dos Estados Unidos acabam de descobrir uma base genética que pode explicar a maior incidência entre as mulheres, em relação aos homens, de problemas como distúrbios do humor e ansiedade ligada ao estresse. No trabalho, liderado por Christina Barr, do Laboratório de Estudos Clínicos do Instituto Nacional para o Abuso de Álcool e Alcoolismo, os pesquisadores estudaram macacos Rhesus para determinar se as diferenças entre os sexos no gene do transporte da serotonina – neurotransmissor que regula o humor – poderiam influir nos efeitos de traumas infantis.

[url=http://www.agencia.fapesp.br/boletim_dentro.php?data[id_materia_boletim=2281]Fonte: Agência Fapesp de Notícias Online[/url]
Cientistas de órgãos de pesquisa do governo dos Estados Unidos acabam de descobrir uma base genética que pode explicar a maior incidência entre as mulheres, em relação aos homens, de problemas como distúrbios do humor e ansiedade ligada ao estresse. No trabalho, liderado por Christina Barr, do Laboratório de Estudos Clínicos do Instituto Nacional para o Abuso de Álcool e Alcoolismo, os pesquisadores estudaram macacos Rhesus para determinar se as diferenças entre os sexos no gene do transporte da serotonina – neurotransmissor que regula o humor – poderiam influir nos efeitos de traumas infantis.

[url=http://www.agencia.fapesp.br/boletim_dentro.php?data[id_materia_boletim=2281]Fonte: Agência Fapesp de Notícias Online[/url]

,

Comments are closed.