Organização Mundial de Saúde associa-se à primeira Jornada Mundial contra a dor

O tratamento da dor e os cuidados paliativos fazem parte integrante do direito a gozar uma boa saúde, sublinha a Organização Mundial de Saúde (OMS) que co-patrocina a primeira jornada mundial contra a dor. “É principalmente nos países com menores rendimentos e recursos, onde as doenças crônicas como o cancro e a Sidaganham terreno, que os doentes não têm tratamento anti-dor”, explica Catherine Le Galès-Camus, responsável pelo grupo de doenças não transmissíveis e saúde mental.

Fonte: [url=http://www.lusa.pt/print.asp?id=SIR-6420535]Agência Lusa de Notícias Online[/url]
O tratamento da dor e os cuidados paliativos fazem parte integrante do direito a gozar uma boa saúde, sublinha a Organização Mundial de Saúde (OMS) que co-patrocina a primeira jornada mundial contra a dor. “É principalmente nos países com menores rendimentos e recursos, onde as doenças crônicas como o cancro e a Sidaganham terreno, que os doentes não têm tratamento anti-dor”, explica Catherine Le Galès-Camus, responsável pelo grupo de doenças não transmissíveis e saúde mental.

Fonte: [url=http://www.lusa.pt/print.asp?id=SIR-6420535]Agência Lusa de Notícias Online[/url]

Comments are closed.