Cérebro: Razão e emoção estão em conflito permanente

O cérebro humano vive num conflito interno permanente entre o seu centro de emoções, que procura a satisfação imediata, e o da razão, que privilegia o longo prazo, indica um estudo hoje divulgado. Investigadores de quatro universidades norte-americanas descobriram que duas zonas do cérebro parecem concorrer para controlar o comportamento de alguém que tem de decidir entre satisfações imediatas e objetivos distantes. O estudo está publicado no número desta semana da revista Science.

Fonte: [url=http://www.lusa.pt/print.asp?id=SIR-6437481]Agência Lusa de Notícias Online[/url]
O cérebro humano vive num conflito interno permanente entre o seu centro de emoções, que procura a satisfação imediata, e o da razão, que privilegia o longo prazo, indica um estudo hoje divulgado. Investigadores de quatro universidades norte-americanas descobriram que duas zonas do cérebro parecem concorrer para controlar o comportamento de alguém que tem de decidir entre satisfações imediatas e objetivos distantes. O estudo está publicado no número desta semana da revista Science.

Fonte: [url=http://www.lusa.pt/print.asp?id=SIR-6437481]Agência Lusa de Notícias Online[/url]

Comments are closed.