Fumar pode provocar perda de memória a longo prazo

As pessoas viciadas no tabaco podem sofrer de uma diminuição do rendimento cognitivo que se traduz em progressivas perdas de memória a longo prazo, segundo um novo estudo.
Entre 2000 e 2002, um grupo de investigadores das universidades de Edimburgo e de Aberdeen, na Escócia, avaliaram os casos de 465 pessoas nascidas em 1936 e que fizeram parte de uma sondagem em 1947. Com base nestes dados começaram a investigar o papel do tabaco na deterioração da memória.

Fonte:[url=http://www.psicologia.com.pt/noticias/ver_noticia.php?codigo=NO00836]Psicologia.com.pt[/url]
As pessoas viciadas no tabaco podem sofrer de uma diminuição do rendimento cognitivo que se traduz em progressivas perdas de memória a longo prazo, segundo um novo estudo.
Entre 2000 e 2002, um grupo de investigadores das universidades de Edimburgo e de Aberdeen, na Escócia, avaliaram os casos de 465 pessoas nascidas em 1936 e que fizeram parte de uma sondagem em 1947. Com base nestes dados começaram a investigar o papel do tabaco na deterioração da memória.

Fonte:[url=http://www.psicologia.com.pt/noticias/ver_noticia.php?codigo=NO00836]Psicologia.com.pt[/url]

Comments are closed.