Anti-depressivos: Crianças e jovens têm mais riscos de suicídio

A relação entre os anti-depressivos e o suicídio nas crianças e jovens levou a autoridade europeia do medicamento a recomendar a não utilização daqueles fármacos nesta faixa etária, aviso que está a ser seguido em Portugal.

Fonte: [url=http://www.psicologia.com.pt/noticias/ver_noticia.php?codigo=NO00863]Psicologia.com.pt[/url]
A relação entre os anti-depressivos e o suicídio nas crianças e jovens levou a autoridade europeia do medicamento a recomendar a não utilização daqueles fármacos nesta faixa etária, aviso que está a ser seguido em Portugal.

Fonte: [url=http://www.psicologia.com.pt/noticias/ver_noticia.php?codigo=NO00863]Psicologia.com.pt[/url]
Segundo uma nota do Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento (Infarmed), um aumento do risco de comportamento suicida em ensaios clínicos com medicamentos anti-depressivos em que participaram crianças e adolescentes levou a Comissão Europeia a solicitar ao Comité de Medicamentos de Uso Humano (CHMP) uma reavaliação dos riscos de suicídio nestes grupos etários.

,

Comments are closed.