Série “Memória da Pedagogia” detalha Piaget e Vygotsky

Série “Memória da Pedagogia” detalha Piaget e Vygotsky

Coleção da revista Viver Mente&Cérebro dá panorama dos principais pensadores da educação e psicologia. Nas próximas edições, Maria Montessori e Paulo Freire.

Série “Memória da Pedagogia” detalha Piaget e Vygotsky

Coleção da revista Viver Mente&Cérebro dá panorama dos principais pensadores da educação e psicologia. Nas próximas edições, Maria Montessori e Paulo Freire.

As duas primeiras edições da série “Memória da Pedagogia” reúnem neste mês ensaios que detalham a vida e obra do suíço Jean Piaget – que, na história da pedagogia, ocupa um lugar semelhante ao de Freud na trajetória da psicanálise – e do russo do Lev Semanovich Vygotsky, outro pilar da psicologia e educação mundiais. Publicada pela revista Viver Mente&Cérebro, toda a coleção dará uma visão panorâmica sobre os principais pensadores da pedagogia. Os próximos números abordarão os legados de Maria Montessori e Paulo Freire.

Em certa medida, os volumes inaugurais da coleção se complementam: se Vygotsky deixou em segundo plano o papel do sujeito na própria constituição, falta a Piaget a ênfase no meio social. Vale mencionar que ambos nasceram no mesmo ano, em 1896, mas Piaget viria a falecer apenas em 1980, com 84 anos. Já Vygotsky – que buscou um modelo explicativo que contemplasse os mecanismos cerebrais do funcionamento psicológico e a formação do sujeito no processo histórico-cultural – morreu precocemente, aos 37, de tuberculose.

O russo teve papel fundamental na introdução da cultura na constituição da psique, trazendo mudanças nos paradigmas da psicologia. Vygotsky, que viveu a Revolução Russa de 1917, incorporou a teoria do método do materialismo dialético, com o horizonte de construir uma teoria geral para a psicologia. Em Piaget, a contribuição gira em torno de dois aspectos: o de sistematizar modelos das estruturas mentais orgânicas, formalizando tal funcionamento em algumas operações básicas – classificação, seriação ou ordenação, ligados entre si pela implicação – e o de relacionar o desenvolvimento desse mecanismo por intermédio de uma embriologia mental, popularmente conhecida como “estágios do desenvolvimento da inteligência”.

Para Piaget, diferentemente de Vygotsky, o papel singular da escola não seria o da apropriação da experiência culturalmente acumulada, mas a construção de estruturas que ampliam a capacidade de aprendizagem. Num panorama histórico da pedagogia, cada volume da coleção “Memórias da Pedagogia” traz suplementos especiais sobre a educação em diversos momentos da humanidade. Neste mês, por exemplo, os temas são a educação na Antigüidade (no número de Piaget) e a renovação do conhecimento na Europa medieval a partir do século XII, com a criação das primeiras universidades.

Sobre a Viver Mente&Cérebro – www.vivermentecerebro.com.br

Publicada desde 2004 pela Duetto Editorial, a Viver Mente&Cérebro, a única do gênero nas bancas brasileiras, mantém parceria com a revista alemã Gehirn&Geist. Todos os meses, os cerca de 38 mil exemplares vendidos (IVC) fornecem informação de qualidade nos artigos assinados por especialistas estrangeiros de psicologia, psiquiatria, psicanálise e neurociências – parte do conteúdo é produzido por pesquisadores brasileiros. O grupo Conhecimento da Duetto Editorial publica ainda as revistas Scientific American Brasil, História Viva e EntreLivros.

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

,

Comments are closed.