Apoios recebidos ajudam emoções

Na mulher com cancro da mama, o que mais ajuda a estabilidade emocional é o apoio recebido, defende Ivone Patrão, que desde há três anos seguiu a evolução de 240 casos, no âmbito da preparação do seu doutoramento sobre fatores psicossociais e cancro da mama, uma área pouco investigada em Portugal.

Segundo Ivone Patrão, “não é importante de onde vem o apoio, se bem que o da equipa médica se torne fundamental”. Ele pode vir até de vizinhos.

Na mulher com cancro da mama, o que mais ajuda a estabilidade emocional é o apoio recebido, defende Ivone Patrão, que desde há três anos seguiu a evolução de 240 casos, no âmbito da preparação do seu doutoramento sobre fatores psicossociais e cancro da mama, uma área pouco investigada em Portugal.

Segundo Ivone Patrão, “não é importante de onde vem o apoio, se bem que o da equipa médica se torne fundamental”. Ele pode vir até de vizinhos.

Nesta pesquisa, a psicóloga tem falado com mulheres antes da cirurgia da mama, depois desta e depois do tratamento de quimioterapia. O objetivo é perceber como a qualidade de vida das doentes é afetada por fatores psicológicos. Ivone Patrão afirmou, ao JN, ter identificado claramente dois tipos de reacção por um lado, o espírito de luta e um estado emocional mais equilibrado e, por outro, uma atitude de desespero, fatalista e com elevado nível de ansiedade. Cada perfil não corresponde necessariamente ao grau de gravidade da doença. Sobre o momento mais difícil, diz esta investigadora do Instituto de Psicologia Aplicada, em Lisboa, as mulheres com cancro da mama referem o aspecto físico, pela perda de cabelo, depois da quimioterapia, outras a perda da mama e o que isso pode implicar no contacto com o parceiro.

Estes são casos também em análise num projeto do Centro de Investigação e Intervenção do ISPA sobre estresse pós-traumático. A psicóloga Vanessa Melo já verificou que as sobreviventes são atingidas por esta condição. No entanto, parece haver duas atitudes distintas ou o isolamento ou a descoberta de novos apoios.

fonte:[url=http://jn.sapo.pt/2006/02/19/sociedade/apoios_recebidos_ajudam_emocoes.html]www.jn.sapo.pt[/url]

Comments are closed.