Mulheres começam a fumar mais cedo que os homens

Uma pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde, no final de abril, aponta que no Brasil, as mulheres estão fumando cada vez mais cedo. De acordo com os dados da pesquisa, geralmente elas começam aos 12 anos de idade (já entre os homens, o hábito tem início entre 15 e 17 anos).

Uma pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde, no final de abril, aponta que no Brasil, as mulheres estão fumando cada vez mais cedo. De acordo com os dados da pesquisa, geralmente elas começam aos 12 anos de idade (já entre os homens, o hábito tem início entre 15 e 17 anos).

E o grande problema é que, nas mulheres, o fumo traz conseqüências mais marcantes do que nos homens. Uma delas é o envelhecimento precoce. No caso das gestantes, os males podem atingir o bebê e causar problemas como aceleração dos batimentos cardíacos, morte súbita, aborto e diminuição do peso.

O Presidente da Associação Nacional do Combate ao Tabagismo, Adir de Castro, destaca as principais doenças provocadas pelo cigarro. “São as doenças do aparelho respiratório e as doenças do coração.

Mas nós não podemos desprezar que as doenças originadas do câncer também têm assumido um papel importante na mortalidade dos fumantes. Tanto o câncer de boca, câncer de bexiga, de esôfago, de língua, tem sido elementos bastante consideráveis, nesse quadro de 200 mil mortes, por ano.

“As pessoas que decidem parar de fumar devem mudar alguns hábitos, como por exemplo, fazer exercícios físicos e não freqüentar, por um tempo, locais onde as pessoas costumam fumar, como bares e restaurantes. Também é importante não consumir bebida alcoólica, refrigerante e café,” diz ele.

Fonte: [url=http://www.antidrogas.com.br/mostranoticia.php?c=3245&msg=Mulheres]www.antidrogas.com.br[/url]

Comments are closed.