Antidepressivo aumenta risco de suicídio, diz estudo

O antidepressivo Paxil aumenta os riscos de tendências suicidas entre jovens adultos, informaram na semana passada a FDA (agência norte-americana de medicamentos) e o fabricante britânico GlaxoSmithKline, em uma carta enviada aos médicos.
O antidepressivo Paxil aumenta os riscos de tendências suicidas entre jovens adultos, informaram na semana passada a FDA (agência norte-americana de medicamentos) e o fabricante britânico GlaxoSmithKline, em uma carta enviada aos médicos.
A FDA determinou que um alerta mais evidente deve constar nas etiquetas das caixas de Paxil (ou Paroxetine) e recomenda que os doentes tratados com este antidepressivo tenham um rígido acompanhamento.

Um estudo com base na análise de 15 mil doentes tratados com Paxil ou com um placebo mostra que houve uma grande freqüência de tendências suicidas entre os usuários deste medicamento, sobretudo entre os jovens de 18 a 30 anos.

Foram constatadas 11 tentativas de suicídio, sem conseqüências fatais, informou a FDA. No grupo tratado com um placebo, apenas uma tentativa de suicídio foi constatada.

Nesta carta, a FDA recomenda “interpretar com prudência” os resultados desses estudos.

John Kraus, responsável pela pesquisa e pelo desenvolvimento da psiquiatria clínica na América do Norte, indicou que o fabricante GlaxoSmithKline continuava a acreditar que as virtudes do Paxil eram maiores que seus riscos.

Fonte: [url=http://noticias.bol.com.br/saude/2006/05/15/ult306u14625.jhtm]http://noticias.bol.com.br[/url]

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

,

Comments are closed.