Cirurgia de obesidade afeta os hormônios da fome

Uma nova pesquisa oferece mais evidências de que a cirurgia bariátrica (cirurgia de redução do estômago) tem um impacto dramático nos hormônios que controlam a fome.Os achados podem ajudar a avançar na pesquisa para melhores medicamentos no tratamento da obesidade.
Uma nova pesquisa oferece mais evidências de que a cirurgia bariátrica (cirurgia de redução do estômago) tem um impacto dramático nos hormônios que controlam a fome.Os achados podem ajudar a avançar na pesquisa para melhores medicamentos no tratamento da obesidade.
O artigo foi publicado na revista “Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism”.

O estudo envolveu nove pacientes com obesidade mórbida tratados com cirurgia.

Seis semanas após a cirurgia as secreções de hormônios redutores da fome já se encontravam significativamente alteradas nestes pacientes. Estes hormônios têm um papel no controle do apetite, sinalizando ao organismo a ausência de fome após a ingestão de alimentos, criando uma sensação de saciedade.

Os participantes tiveram menos fome depois da cirurgia do que antes da operação. Os investigadores acreditam que esta alteração hormonal ocorra como conseqüência direta da cirurgia. O maior conhecimento destes hormônios poderá resultar em tratamentos não cirúrgicos, para o controle da obesidade.

Fonte: [url=http://boasaude.uol.com.br/news/index.cfm?news_id=6340]www.uol.com.br[/url]

,

Comments are closed.