Mistura de medicamentos comuns com naturais pode levar a riscos

Os adultos mais velhos estão sob maior risco para a ocorrência de interações entre medicamentos e drogas herbárias, porque geralmente apresentam múltiplos problemas de saúde os quais requerem tratamento e são na maioria das vezes mais suscetíveis a efeitos adversos das drogas.
Os adultos mais velhos estão sob maior risco para a ocorrência de interações entre medicamentos e drogas herbárias, porque geralmente apresentam múltiplos problemas de saúde os quais requerem tratamento e são na maioria das vezes mais suscetíveis a efeitos adversos das drogas.
Um estudo publicado no último número da revista “Geriatric Nursing”, analisou os casos de 58 mulheres idosas da região central da Flórida.

Na análise dos casos, setenta e quatro por cento das participantes foram declaradas como estando sob risco moderado ou alto, de serem vítimas de interação entre os medicamentos. A combinação mais freqüente ou perigosa foi a que envolveu duas ou mais drogas antiinflamatórias não esteróides e o medicamento herbário ginkgo biloba.

Segundo os autores do estudo, é primordial que os responsáveis pelos cuidados de saúde de adultos, identifiquem todos os medicamentos prescritos e as drogas herbárias usadas por seus pacientes e avaliem todas as interações, para evitar a possibilidade de efeitos adversos.

Fonte:
[url=http://boasaude.uol.com.br/news/index.cfm?news_id=6358]www.bibliomed.com.br[/url]

Comments are closed.