Filhos de fumantes passivos sofrem maiores riscos de leucemia

O tabagismo já foi relacionado com a leucemia de tipo mielóide nos adultos. Porém, a associação entre o tabagismo dos pais e o surgimento de leucemia na infância ainda permanece obscura.
O tabagismo já foi relacionado com a leucemia de tipo mielóide nos adultos. Porém, a associação entre o tabagismo dos pais e o surgimento de leucemia na infância ainda permanece obscura.
Em estudo publicado na última edição da revista “American Journal of Epidemiology”, pesquisadores da Universidade da Califórnia e de outras instituições analisaram a associação entre o tabagismo dos pais e leucemia em crianças foi avaliada.

A análise incluiu 327 crianças com leucemia aguda de diversos tipos, e 416 crianças controle, pareadas por idade, sexo, raça e etnia hispânica. O fumo dos pais antes da concepção esteve significativamente associado com um risco aumentado de leucemia mielóide aguda.

Segundo os investigadores, os resultados sugerem fortemente que a exposição dos pais ao tabagismo antes da concepção, ou em combinação com tabagismo passivo após o nascimento possa ser um importante fator de risco para leucemia.

Fonte: [url=http://boasaude.uol.com.br/news/index.cfm?news_id=6367]www.bibliomed.com.br[/url]

About Marina Bellissimo Rodrigues

Comments are closed.