Aumenta o uso de calmantes entre jovens

Embora existam indicações do aumento do uso de antipsicóticos (AP), entre as crianças e adolescentes, pouco se sabe sobre as características daqueles que os recebem.
Embora existam indicações do aumento do uso de antipsicóticos (AP), entre as crianças e adolescentes, pouco se sabe sobre as características daqueles que os recebem.
Na última edição da revista “Archives of General Psychiatry”, uma pesquisa do “New York State Psychiatric Institute” e outras instituições, foram analisadas as tendências e padrões do tratamento com antipsicóticos, em jovens. O estudo foi realizado com uma população americana de até 20 anos de idade, no período de 1993 a 2002, que visitou consultórios e ambulatórios.

Os resultados mostraram que, nos Estados Unidos, o número de visitas de jovens a consultórios e que incluíram a prescrição de drogas antipsicóticas, aumentou de aproximadamente 201 000 em 1993 para 1.224.000 em 2002. Os principais motivos de prescrição destes medicamentos foram distúrbios comportamentais destrutivos e os distúrbios do estado de humor.

Os investigadores concluíram que houve um grande aumento de tratamentos com drogas antipsicóticas, entre crianças e jovens nos consultórios médicos.

Fonte: [url=http://boasaude.uol.com.br/news/index.cfm?news_id=6376]www.bibliomed.com.br[/url]

About Marina Bellissimo Rodrigues

,

Comments are closed.