Repercussões psíquicas em pacientes queimados

A imagem corporal é a figuração do corpo formado na mente, quando a insatisfação em relação a imagem corporal acentua-se ocorre um importante desconforto emocional que desencadeia repercussão em todas as esferas da vida do paciente.

Objetivamos com este estudo demonstrar através da análise qualitativa os fatores psicológicos que permeiam a esfera emocional de pacientes vítimas de queimaduras de primeiro, segundo e terceiro grau.

Esta pesquisa compreendeu 05 pacientes de ambos os sexos internados em diferentes períodos. Utilizou-se como recursos a técnica projetiva gráfica do Desenho da Figura Humana através dos indicadores emocionais (IE) propostos por Koppitz (1966) e observações diretas verificando os aspectos inadequados de condutas nos pacientes queimados:

A análise dos resultados apresentados pelos pacientes queimados informaram que os indicadores mais frequentes foram:

Índice de nº 1 – Integração pobre das partes da figura.
Índice de nº 5 – Assimetria grosseira dos membros.
Índice de nº 7 – Figura pequena ou delgada.
Índice de nº 20 – Figura monstruosa ou grotesca.
Índice de nº 24 – Omissão de nariz.
Índice de nº 26 – Omissão de tronco.

Concluímos que a criança queimada produz uma alta freqüência de indicadores no DFH, demonstrando dificuldades emocionais com comportamento de esquiva frente à equipe de saúde; agressividade no momento do banho; regressão psicológica caracterizada por comportamento e fala infantilizados; apreensão acerca da imagem corporal; receio de rejeição de familiares e amigos; sentimentos de morte e forte desejo de retorno ao ambiente familiar.

Para minimizar estes efeitos, faz-se importante a presença da família, comprometida com o tratamento e o processo de reabilitação do paciente, bem como a atuação do psicólogo, enquanto profissional qualificado para conter a amplitude emocional associada a essa vivência.

Ana Cristina Amaral do Nascimento
CRP 05/14954
PRONTOBABY – HOSPITAL DA CRIANÇA – RJ
VI ENCONTRO INTERNACIONAL DE TERAPIA INTENSIVA DO RIO DE JANEIRO – 1999

Comments are closed.