Câncer de pulmão acomete mais as mulheres

Existe uma hipótese de que as mulheres sejam mais susceptíveis aos agentes causadores do câncer (os carcinógenos), existentes no tabaco, em comparação aos homens. Entretanto, após o diagnóstico de câncer de pulmão, elas apresentam melhor prognóstico do que pacientes do sexo masculina.
Existe uma hipótese de que as mulheres sejam mais susceptíveis aos agentes causadores do câncer (os carcinógenos), existentes no tabaco, em comparação aos homens. Entretanto, após o diagnóstico de câncer de pulmão, elas apresentam melhor prognóstico do que pacientes do sexo masculina.
Na revista médica JAMA – Journal of the American Medical Association, da última semana, um artigo avaliou a susceptibilidade e o prognóstico após o diagnóstico de câncer em mulheres tabagistas. O estudo utilizou uma base de dados de rastreamento de carcinoma pulmonar com tomografia computadorizada, além do segmento de pacientes já com diagnóstico da doença.

Na pesquisa, 7.498 mulheres e 9.427 homens foram avaliados, todos eles assintomáticos, com uma idade de pelo menos 40 anos, e história de tabagismo. O câncer de pulmão foi diagnosticado em 156 mulheres e 113 homens.

O estudo concluiu que, aparentemente, as mulheres apresentam maior susceptibilidade aos carcinógenos, mas por outro lado apresentaram menores taxas de mortalidade por câncer de pulmão, comparadas com os homens.

Fonte: [url=http://boasaude.uol.com.br/news/index.cfm?news_id=6466]www.bibliomed.com.br[/url]

About Marina Bellissimo Rodrigues

Comments are closed.