Psicólogo desenvolve inédito “mapa da felicidade”

A Dinamarca é o país mais feliz do mundo, de acordo com o primeiro mapa da felicidade mundial desenvolvido por um acadêmico.
A Dinamarca é o país mais feliz do mundo, de acordo com o primeiro mapa da felicidade mundial desenvolvido por um acadêmico.
A pesquisa do psicólogo Adrian White, da Universidade de Leicester, na Inglaterra, usou respostas de 80 mil pessoas de todo o mundo para mapear o bem-estar no planeta.

Foram usadas informações da Unesco, da CIA, a agência de inteligência americana, e da Organização Mundial de Saúde, entre outras, sobre 178 países.

A conclusão é que fatores como saúde, riqueza e educação são determinantes na hora de se aferir o nível de felicidade de uma nação.

Suíça e Áustria, ambos países ricos, ficaram no topo da lista junto à Dinamarca. Nos últimos lugares, vieram Zimbabwe e Burundi.

“Quando indagadas se estão felizes com suas vidas, pessoas em países com bom serviço de saúde, alto Produto Interno Bruto (PIB) per capita e acesso à educação tinham maior tendência a afirmar que eram felizes”, disse White.

O pesquisador admitiu que essas medidas de felicidade não são perfeitas, mas afirmou que eram as melhores disponíveis e que elas estão sendo estudadas por políticos como a melhor maneira de se medir o desempenho relativo de diferentes países.

White disse que seria possível usar esses parâmetros para medir mudanças nos níveis de felicidade de diferentes locais e analisar que fatores têm efeito nisso, como guerras, fome ou o sucesso em alguma situação.

O Brasil ficou em 81º lugar em uma lista de 178 países, atrás de nações como a República Dominicana, El Salvador, Israel e Namíbia.

A colocação é bem pior do que a alcançada em outros rankings similares, na maioria das vezes feitos por ONGs.

Em um índice divulgado também este mês pela New Economics Foundation, o Brasil ficou em 63º lugar.

Essa lista também tinha 178 países, mas usava como critério longevidade, alegria de viver e a quantidade de recursos naturais consumidos pela população.

O título de nação com a melhor qualidade de vida ficou com o pequeno arquipélago de Vanuatu, no Pacífico.

No fim de 2005, o Brasil ficou em nono lugar numa pesquisa feita pelo instituto britânico Gfk NOP, que perguntou a pessoas de 30 países quão felizes elas se consideravam com a qualidade de suas vidas.

O primeiro lugar nessa pesquisa ficou com a Austrália.

Fonte: [url=http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2006/07/060728_felicidade_is.shtml]www.bbc.co.uk[/url]

About Marina Bellissimo Rodrigues

Comments are closed.