Maioria das crianças de Gaza já sofreram algum trauma de guerra

A maioria das crianças da Faixa de Gaza (cerca de 98%) já sofreram com bombas de efeito moral, já tiveram seus lares invadidos ou destruídos e/ou testemunharam violência de armas de fogo, sendo que várias já se feriram gravemente ou foram submetidas à tortura, segundo um novo estudo da Universidade do Queen’s.
A maioria das crianças da Faixa de Gaza (cerca de 98%) já sofreram com bombas de efeito moral, já tiveram seus lares invadidos ou destruídos e/ou testemunharam violência de armas de fogo, sendo que várias já se feriram gravemente ou foram submetidas à tortura, segundo um novo estudo da Universidade do Queen’s.
Toda essa violência traz sérios problemas psiquiátricos e psicológicos à elas. John Pringle, o líder do estudo, analisou dados de todas as pesquisas relacionadas à saúde de crianças em Gaza, e procurou estabelecer relações entre os traumas da guerra e problemas psicológicos nas crianças.

De acordo com o estudo, uma criança de Gaza que sofre algum tipo de lesão na cabeça, terá 4 vezes mais o risco de sofrer com algum transtorno emocional; uma criança que testemunha um amigo se ferir ou morre tem 13 vezes mais chances de sofrer com o transtorno de estresse pós-traumático.

Pringle ainda diz: “as crianças são 47% da população total de Gaza, e são extremamente vulneráveis. Precisamos pensar que onde colocamos nossas minas, jogamos nossas bombas e miramos nossas armas, é onde essas crianças nascem, brincam e vão à escola.”

Fonte: [url=http://www.sciencedaily.com/releases/2006/08/060801183448.htm]www.sciencedaily.com[/url]

About Marina Bellissimo Rodrigues

,

Comments are closed.