Adolescentes não sabem usar preservativos corretamente

Os preservativos não estão sendo usados corretamente por alguns adolescentes, arriscando a ocorrência de gravidezes indesejadas e o aparecimento de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Isso é o que sugere um novo estudo realizado no Reino Unido e publicado antecipadamente na edição online da revista Sexually Transmitted Infections.
Os preservativos não estão sendo usados corretamente por alguns adolescentes, arriscando a ocorrência de gravidezes indesejadas e o aparecimento de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Isso é o que sugere um novo estudo realizado no Reino Unido e publicado antecipadamente na edição online da revista Sexually Transmitted Infections.
Os investigadores, da Universidade de Southampton, acompanharam 1373 adolescentes entre 16 e 18 anos na Inglaterra, que completaram um diário com suas atividades sexuais, durante um período de 6 meses.

Deste total, 375 adolescentes informaram ter usado um preservativo, na última ocasião em que tiveram uma relação sexual vaginal. Ao ser perguntado como o preservativo foi usado, seis por cento tinham aplicado o preservativo depois da penetração, e seis por cento tinha continuado a penetração, depois da remoção do preservativo.

Segundo os pesquisadores, os resultados são preocupantes, pois podem ser um facilitador para a disseminação das DSTs.

Fonte: [url=http://boasaude.uol.com.br/news/index.cfm?news_id=6511]www.bibliomed.com[/url]

,

Comments are closed.