A participação de psicólogos nas ações da defesa civil

A Associação Brasileira de Ensino de Psicologia (ABEP) já definiu o tema para a sua Oficina Nacional no próximo ano. Vamos convidar professores, estudantes, psicólogos e instituições de ensino, para conhecer melhor e definir formas de inserção da Psicologia em um assunto de grande importância: a colaboração dos psicólogos na prevenção, redução de
danos e tratamento das conseqüências psicológicas de emergências vividas pelos cidadãos.
A Associação Brasileira de Ensino de Psicologia (ABEP) já definiu o tema para a sua Oficina Nacional no próximo ano. Vamos convidar professores, estudantes, psicólogos e instituições de ensino, para conhecer melhor e definir formas de inserção da Psicologia em um assunto de grande importância: a colaboração dos psicólogos na prevenção, redução de
danos e tratamento das conseqüências psicológicas de emergências vividas pelos cidadãos.
Logo de início vamos chamar a atenção para o fato de que os desastres naturais são apenas uma das situações de emergência vividas pela sociedade. Situações de violência urbana, por exemplo, também exigem da psicologia respostas para as quais nossos futuros psicólogos estão sendo pouco preparados.

Além disso, precisamos reconhecer o equívoco da idéia de que no Brasil não estamos sujeitos a desastres naturais. Tais desastres ocorrem com freqüência. Pessoas expostas a seca, enchentes, furacões, epidemias e outras situações de emergência podem contar com o apoio de psicólogos para resgatar a sua cidadania e equilíbrio afetivo. Estes profissionais também podem atuar na prevenção deste tipo de evento, em comunidades que vivem em situações de risco.

E é pensando em qualificar o profissional da psicologia e mostrar que esta é uma área de atuação que se abre de forma importante para os psicólogos, que a ABEP, por meio de um convênio firmado com a Secretaria Nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional, vai promover encontros regionais para discutir as possibilidades da atenção, na formação dos psicólogos, ao tema da Defesa Civil. A idéia é realizar um debate nos mesmos moldes das Oficinas Regionais com o tema de Saúde Pública, realizado neste ano de 2006.

A parceria com o Ministério da Integração Nacional também vai gerar uma pesquisa para saber quais as práticas atuais dos psicólogos na área e identificar os problemas, a demanda e os desafios a serem enfrentados. Dessa forma será possível desenhar um mapa da atuação do psicólogo junto à defesa civil, traçar soluções e enriquecer a discussão.

A ABEP quer contar com o seu apoio para marcar presença em todo o país e produzir um crescimento importante na formação de psicólogos no Brasil.

Fonte: ABEP

About Marina Bellissimo Rodrigues

,

Comments are closed.