Meninas de 6 anos podem ser vítimas de anorexia, diz pesquisa

Meninas de até 6 anos de idade se dizem insatisfeitas com o próprio corpo e que gostariam de ser mais magras, segundo estudo publicado na Revista Britânica de Desenvolvimento Psicológico.
Meninas de até 6 anos de idade se dizem insatisfeitas com o próprio corpo e que gostariam de ser mais magras, segundo estudo publicado na Revista Britânica de Desenvolvimento Psicológico.
Uma equipe de cientistas da Universidade de Flinders, na Austrália, entrevistou mais de 80 meninas com idades entre 5 e 8 anos.

O estudo apontou que 47% delas gostariam de ser mais magras, e que a maioria das meninas acredita que isso pode torná-las mais populares.

Segundo a Associação Britânica de Distúrbios Alimentares, já havia casos registrados de anorexia em meninas de até 8 anos.

Dieta

Por causa da idade das garotas entrevistadas, os cientistas investigavam se elas sabiam da relação entre a imagem corporal e o fato de ser alvos de piadas ou provocações, sem enfatizar, porém, as experiências das próprias meninas.

Elas também tiveram de responder sobre o que acham do nível de insatisfação das amigas da mesma idade com o próprio corpo, além de contar o quanto esse assunto é discutido entre elas.

Os cientistas também perguntaram o quanto as meninas sabiam sobre dietas.

Cerca de 45% disseram que fariam dieta se engordassem, principalmente entre as meninas mais velhas do grupo.

Muitas mostraram acreditar que ser magra pode torná-las mais queridas, mas muito poucas disseram conversar sobre seu corpo com as amigas.

As meninas de 5 anos foram as que menos mostraram insatisfações com o próprio corpo.

“Até agora, a maioria dos estudos se concentravam na adolescência, já que essa é uma fase com mais chances de insatisfação com o próprio corpo”, disse a pesquisadora Hayley Dohnt, que liderou o estudo.

“No entanto, há muitos indícios de que um número considerável de meninas pré-adolescentes estão insatisfeitas consigo mesmas e gostariam de ser mais magras.”

“As pesquisas anteriores também se concentravam na influência dos pais, apontados como a principal fonte de informação de crianças pequenas”, afirmou Dohnt.

“Mas o maior acontecimento da vida de uma menina entre 5 e 7 anos, quando começa a insatisfação com o próprio corpo, é justamente o início delas no 1º grau”, lembrou a cientista.

“Por isso, a influência das colegas, que até agora se acreditava ser razoavelmente irrelevante para meninas dessa faixa etária, pode ser um fator importante.”

Para a Associação Britânica de Distúrbios Alimentares, a baixa auto-estima é um dos principais contribuintes para a anorexia, sendo provocada principalmente por imagens da mídia, pressão das amigas e situações familiares.

Mas, segundo a entidade, a fase mais crítica para o surgimento de distúrbios alimentares é entre os 13 e 15 anos.

Fonte: [url=http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/story/2005/03/050307_anorexiaml.shtml]BBC Brasil[/url]

,

Comments are closed.