Descobrindo Caminhos

“A mais longa caminhada só é possível passo a passo”.

Hoje venho falar dos passos que damos na vida em busca dos mais diversos objetivos.

Em diversas “caminhadas” que fazemos, muitas vezes, não nos damos conta das primeiras iniciativas, das primeiras atitudes para alcançar as metas traçadas. Por que isso acontece? Porque faz parte do ser humano crescer, evoluir, de uma maneira tão natural que, às vezes, nem percebemos ter iniciado essa mudança.

Também em alguns momentos do nosso cotidiano, somos colocados diante de dúvidas: O que fazer? Como fazer? Quando fazer? Será que sou capaz? Será que suportarei essa nova fase? São nesses momentos que nos encontramos conosco, nossos medos e inseguranças mais profundas.

Bem, provavelmente foi isso que nos perguntamos quando, mesmos pequeninos, ficamos diante da iniciativa de dar o primeiro passo, da primeira vez que andamos de bicicleta, do primeiro beijo, da primeira vez que chamamos alguém para dançar, do primeiro emprego e tantas outras situações que a vida nos colocou e que nem sempre tivemos outra escolha, apenas a de ir em frente.

Quando estamos diante de alguma doença, como o Diabetes Mellitus, podemos passar por dúvidas e incertezas capazes de nos perturbar por algum tempo, do tipo: como será o meu futuro? Será que poderei continuar com meus projetos de vida? Será que suportarei mudar meus hábitos para conviver melhor com essa doença? Talvez, algumas pessoas fiquem um pouco paralisadas diante de tantas questões. É nesses momentos, que descobrimos que não somos perfeitos, que podemos ter medo e que não sabemos tudo, enfim, que somos seres humanos com capacidades e dificuldades. Entretanto, a imperfeição do ser humano precisa ser vista como ponto de partida para a criatividade, a inovação, a mudança para um novo estilo de vida e a descoberta de novos caminhos a seguir.

Os caminhos que surgem diante de nós, foram feitos para fazermos escolhas e essas escolhas precisam ser benéficas para nossa vida. Não podemos continuar fingindo ser sempre “vítima” da situação, pois isso só aumentará os problemas. O momento de tomar a atitude certa para um futuro melhor é HOJE, é hoje o dia da ação, é hoje o dia de você se olhar no espelho e dizer “puxa, eu cheguei até aqui através de minhas escolhas, de minhas iniciativas, é a hora de aceitar novos caminhos para construir um futuro com mais saúde, mais alegria e paz interior”.

Então, o que você está esperando para dar o primeiro passo? Já está na hora de procurar as SUAS motivações, para continuar convivendo com o diabetes de forma mais saudável através da aceitação de um novo estilo de vida e a descoberta de novos caminhos.

“Sem coragem, um sonho não chega a lugar nenhum” (Ford).

Lara Ferreira Guerra
Psicóloga Clínica e Hospitalar
CRP 13/3028

Comments are closed.