Constelações Familiares – “Uma viagem ao passado e a descoberta do presente”

Imagine uma arvore sem raízes ou com algumas raízes cortadas ou danificadas. Tal como uma arvore só pode viver com as raízes saradas, também o ser humano precisa de estar bem com o seu passado para que possa viver o presente em pleno. A constelação familiar permite “sarar” cada membro da família e compreender alguns comportamentos que cada componente tem e se difere do outro. Com base no pressuposto de que existem acontecimentos importantes que ocorrem mesmo antes do nascimento de uma criança, e que muitas vezes esta desenvolve uma percepção errada desses acontecimentos, torna-se importante recuar o filme e construi-lo de novo.

Nesta terapia, torna-se fundamental que partamos da ideia de que cada individuo deve ser visto enquanto membro de uma família alargada e que o modo como cada membro do casal se relaciona (ou relacionou) com a sua própria família de origem tem grande implicações tanto na relação de um casal, como no relacionamento com os filhos e estes para o casal.

Os nossos pais e avós ocupam um poder tal na nossa vida que, mesmo quando adultos, somos influenciados pelas aprendizagens e padrões interiorizados através das ligações à nossa família de origem. Um exemplo é o fato de alguns adultos mudarem o seu comportamento quando se encontram na presença dos pais…

Podemos afirmar que a maior parte dos problemas que nos atormentam tem origem na infância e que esses problemas tendem a desaparecer à medida que as pessoas, já adultas, aprendem a aceitar o seus próprios pais e outros membros da família como seres humanos, que também amam, desejam, sofrem e erram.

Também os nascimentos, os abortos e as mortes na família são acontecimentos importantes que podem vir a interferir na vida de uma pessoa e por consequência, no casal e na família actual como um todo.

Uma Constelação Familiar é como uma viagem ao passado mais intimo de cada um. È uma viagem que no momento em que retornamos ao presente descobrimos que em nossa bagagem trouxemos lindas e belas surpresas.

Comments are closed.