Ciúmes – Porque quem procura acha?

Algumas crenças generalizadas da sociedade dizem que o ciúme é o tempero de todo relacionamento, que um pouco de ciúme é saudável para a relação, afinal que quem ama cuida. Mas não estaria esta crença disfuncional?

Ciúmes – "Porque quem procura acha?".

Algumas crenças generalizadas da sociedade dizem que o ciúme é o tempero de todo relacionamento, que um pouco de ciúme é saudável para relação, afinal que quem ama cuida. Mas não estaria esta crença disfuncional? O que pensar quando recorremos ao dicionário e observamos que a palavra ciúme vem do latim zelúmen, de zelu, inveja? A questão principal é que o ciúme denota uma desvalorização de si mesmo, uma baixa estima, faz com que o ciumento focalize sua atenção em tudo que confirme suas crenças, ou seja, todos os sinais de que ele não é amado e valorizado são superestimados, desconsiderando evidencias que provariam a ela seu equívoco.O pensamento, ou seja, a forma como interpretamos o mundo, determina nossas emoções e comportamentos. Desta forma o ciumento que acredita que não é valorizado e esta sendo enganado pelo parceiro, sente uma mistura de raiva e tristeza imaginando sempre que o pior está para acontecer ou já aconteceu, e suas atitudes corresponderão a estas interpretações distorcidas, o guiando para encontrar todas as evidências que confirmem o que pensa. Por isto quem procura acha, porque o ciumento procura tudo que comprove a infidelidade do parceiro e isso o afasta, a situação se torna um círculo vicioso, visto que este afastamento faz com que o ciumento confirme sua crença disfuncional. A Terapia Cognitiva é muito útil nestes casos, seja quando trabalhada com a pessoa ciumenta, quanto trabalhada com o casal afetado. É fundamental desenvolver uma auto-estima positiva e realista, desmistificando crenças disfuncionais e proporcionando maior diálogo e intimidade do casal afetado. Caso você tenha este problema em sua vida, não tenha vergonha de procurar ajuda e pense que este grande passo poderá salvar não só a sua relação, mas também resgatar o que você tem de mais valia: a sua auto-estima.

Vanessa Seibitz – Psicóloga- Terapeuta Cognitiva: CRP: 06/78491

 

About Vanessa Seibitz

Vanessa Seibitz
Psicóloga- Terapeuta Cognitiva
CRP:06/78491
Consultório:
Clinica Psicológica- Rua Dr. Neto de Araújo, 363-Vila Mariana- São Paulo- SP
E-mail: vanessaseibitz@yahoo.com.br

Comments are closed.