Pobre Geração!

Resumo:

Pais e filhos encontram nos cursos, na profissão, esporte, amigos, o que precisavam estar encontrando na formação do elo familiar.
A cultura é muito útil, mas a formação de caráter é a base para a aplicação dos conhecimentos.

Os filhos passam pouco tempo em companhia dos pais; ao invés de aprenderem com os pais, passam o maior tempo de suas vidas na escola seriada.
Depois do hrário escolar, em nome da aprendizagem e preparação para o futuro, os filhos vão para os cursos de idiomas, profissioalizantes ou de esporte.
Não quero dizer que estejam errados em fazer parte dos curos. Mas a falta da companhia dos pais, a presença ideal e real dos pais na vida dos filhos, esta sim tem feito muito mau para os jovens.

Os filhos não conhecem a seus pais e, talvez seja por isso, que os jovens estão se mostrando tão "pobres" no relacionamento afetivo; na motivação para a formação de caráter, no respeito às leis e obediência a elas.
Os pais precisam escolher o melhor horário para se dedicarem ao contato com seus filhos. O importante não é a quantidade de tempo que passam juntos, mas a qualidade deste tempo.

O fortalecimento dos laços familiares, que estão enfraquecidos, através da amizade, companheirismo, cumplicidade, atenção e colo para a família.
Estes são os vínculos formados e selados com amor; estes elos não se deformam e não se desfazem com o tempo.

About Alina Campos Tomaz Teixeira

Visitem os sites:www.webartigos.com, www.osviralata.com.br,http:alinatomaz.blogspot.com,Conferencista, contatos pelo f:31.9234.5670 ou e-mail:alinatomaz@hotmail.com

Comments are closed.