Planejando condições de ensino para alunos em fase de alfabetização: descrevendo e relacionando ações em sala de aula

Aretha Bispo de Castro*; Ana Cláudia-Moreira Almeida-Verdu (Times New Roman 12 centralizado;  no apresentador)
Universidade Estadual Paulista – Campus Bauru(UNESP)

A função do professor é planejar as contingências para que alguém aprenda, e mudanças no comportamento do professor devem visar mudanças no comportamento do aluno. As classes comportamentais do professor têm função de variáveis ambientais para o comportamento do aluno e vice-versa. Para que o professor adquira o repertório necessário para o planejamento de contingências é preciso que ele seja exposto à condições que possibilitem esta aquisição. Uma possibilidade de intervenção seria realizar consultorias com professor. O objetivo deste trabalho é apresentar uma estrutura de consultoria realizada com professores para aquisição de repertório de planejamento de contingências de ensino. Método: Participante: uma professora de primeira série de uma escola de ensino fundamental do interior de São Paulo. Procedimento: São realizadas reuniões semanais de aproximadamente uma hora de duração, dentro da unidade escolar. As reuniões são compostas por cinco etapas: a) apresentação do tema/discussão da “tarefa de casa”; b) leitura de textos-apoio relacionados ao tema da reunião; c) discussão de implicações práticas dos conceitos apresentados nos textos; d) descrição de tarefas/realização de tarefas práticas; e) descrição das tarefas para próxima reunião.  A apresentação do tema/discussão da tarefa pretende garantir a verificação de repertório comportamental para o próximo tema. Cada texto-apoio tem no máximo quatro laudas é escrito previamente. Na parte superior do texto está descrito os objetivos do texto, em termos comportamentais. A discussão das implicações dos conceitos pode ser realizada no decorrer do texto, ao final de cada conceito.

A descrição de tarefas práticas é realizada através de um procedimento de fading out, no qual a consultora primeiramente apresenta o modelo, oferece ajuda e posteriormente o professor realiza atividade sozinho. As tarefas envolvem atividades de descrição dos comportamentos esperados nos objetivos. Caso algum dos objetivos seja descrito parcialmente ou incorretamente, o tema é discutido novamente, até o professor descrever os objetivos com 100% de acerto. Os temas das reuniões são: O processo de Aprender e Ensinar; Objetivos Comportamentais; Aquisição de comportamentos de ler escrever; Cada tema dura em média uma reunião, mas pode ser retomada se o professor atingir menos de 90% de acerto na descrição dos comportamentos esperados Resultados: A professora relatou corretamente a relação entre ensinar e aprender, com dificuldade em diferenciar atividades de ensino (observação) de formas de aquisição de aprendizagem (sistematizada ou “espontânea”) e descrever exemplos de comportamentos privados (pensamento);apresentava reserva comportamental de descrever objetivos de ensino tendo como foco o aluno, porém apresentou déficits em descrever objetivos em termos comportamentais, com isso, realizou-se mais de uma reunião, diversificando atividades práticas com a releitura do texto. Na descrição de comportamentos de ler e escrever e suas relações a professora relatou atividades desconectas uma das outras, mas passou a descrever corretamente os comportamentos de ler e escrever.

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.