Efeitos do Cloxazolam sobre a aquisição do operante de esquiva do Lambari-de-Rabo-Amarelo (Astyanax Altiparanae, Characidae, Teleostei.

Henrique Meira de Castro*; Bruno Rodrigues dos Santos; Caio Maximino; Amauri Gouveia Jr.
UNESP/Bauru

O cloxazolam é um ansiolítico benzodiazepínico plenamente utilizados no tratamento farmacológico dos transtornos de ansiedade; apresenta modulação alostérica positiva do receptor GABAA através de sua atividade sobre o subreceptor BZD. O presente experimento procurou testar os efeitos dessa substância sobre um modelo de medo condicionado no Astyanax altiparanae. Essa espécie foi escolhida por sua ampla distribuição nos rios brasileiros, facilidade de manipulação, baixo custo de compra e manutenção, e por responder bem em testes preliminares de nosso aparato.

Método: 18 lambaris machos, de idade indeterminada, com peso de 5.0±0.1 g, comprados em pesqueiro local (Fiu-fiu, Bauru), e aclimatados em condições controladas de luz (fotoperíodo de 12 horas, 0700:1900), alimentação (ração floculada dispensada uma vez por dia) e temperatura da água por uma semana, foram divididos em dois grupos, de acordo com o tratamento farmacológico (controle [CTRL, n=10], cloxazolam [C, n=8]). O grupo C, após pesagem e anestesia em água gelada, foi injetado I.P. de 2 mg C/kg do animal. Um aquário de 14,5×9,5x45cm, com um sistema de roldanas que permite a liberação de um peso de metal (37,6g) foi utilizado. Uma placa de acrílico delimitava a linha média do aquário, com espaço de 5 cm para passagem do animal. Após o tempo de efeito de cada tratamento (5 min para C , 0 min para CRTL), os sujeitos eram liberados no aquário de teste para habituação de 5 min. Após esse período, o peso era liberado sobre o compartimento em que o animal se encontrava. Uma tentativa consistia na entrada do animal no compartimento inicialmente punido, e essa entrada era consistentemente seguida de nova punição. O experimento encerrava-se quando o animal não entrava no compartimento punido após 300 s. Foram computados o número total de tentativas até o tempo-critério, as latência (s) após punição para a volta ao compartimento punidos, e o número de falhas, definido como uma tentativa em que o animal é punido, mas não deixa o compartimento.

Resultados: A análise estatítica (ANOVA de uma via, seguida do pós-teste de HSD de Tukey quando apropriado) revelou efeito do cloxazolam sobre o número de tentativas até o critério (F[1,16]=15.560, P=0.001; maior para CTRL) e número de falhas (F[1,16]=4.964, P=0.042; maior para C), mas não para a diferença entre a primeira e a última latências (F[1,16]=0.167, P=0.688).

Discussão: O cloxazolam apresentou efeitos sobre a velocidade de aquisição e número de falhas, mas não sobre o padrão de latências; esses dados sugerem que a dose usada produziu um efeito ansiogênico paradoxal, aumentando a freqüência de comportamentos de “congelamento”.

CNPq

About RedePsi

Portal de Psicologia com Notícias, Artigos, Links e Serviços de Divulgação de Cursos, Eventos e Produtos da Área.

Comments are closed.