Jornada SBP: Psicanálise e Educação – Prevenção da Violência.

A Sociedade Brasileira de Psicanálise trouxe, nos dias 17 e 18de novembro, com muita pertinência e competência, discussões sobre temas tão atuais e tão necessários da contemporaneidade que são as questões ligadas à educação e violência.

Durante todo o evento, pôde-se acompanhar através das discussões propostas pelas mesas, temas que variaram desde o histórico da evolução humana e a constituição das sociedades, passando por áreas da complexidade e multidisciplinaridade profi ssional, perda da fi gura de autoridade e por fi m, culminando com o que advirá com a entrada na pós-modernidade.

Além disso, foram apresentadas propostas que possam auxiliar a minimizar os problemas ligados ao tema do encontro.

Dentro dos temas, foram trazidas as diversas formas de violência possibilitadas por uma sociedade despreparada do ponto de vista ético e cultural e que se desenvolve cada vez mais de maneira permissiva. A total apatia por parte das organizações e associações (mundiais, diga-se de passagem) e o descaso dos sistemas governamentais contribuem para o cenário atual composto por pessoas intolerantes, intransigentes e cada vez mais destrutivas consigo mesmas. Esta foi uma excelente oportunidade para se repensar alguns pontos que interligam as relações humanas através do ponto de vista de historiadores, pedagogos, educadores e ativistas dos direitos humanos.

Por Rudemberg de Almeida, psicoestudante e coordenador geral do PREPSICO [www.prepsico.psc.br]

About Rudemberg de Almeida Mendonça

Comments are closed.