RedePsi - Psicologia

Dicionário

BERTHIER, Pierre (1830-1877)

Originário de Sennecy-Ie-Grand (Saône-et-­Loire), Berthier entrou em 1849 como re­sidente no Asilo de Auxerre, no serviço de seu tio Girard de Cailleux. Depois de de­fender sua tese, "Da natureza da alienação mental segundo suas causas e seu tratamen­to", em Montpellier em 1857, voltou para Auxerre, foi nomeado médico-chefe em Bourg (Ain) dois anos mais tarde, e depois médico-residente no Hospital Bicêtre em 1865. Ficaria ali com três colegas, no pos­to de médico-major, durante o cerco de Paris, enquanto o hospital, cujos doentes men­tais tinham sido transferidos, foi transfor­mado em centro de isolamento para os mili­tares atingidos pela epidemia de varíola que começou no fim de setembro de 1870. Du­rante seis meses, nove mil desses doentes seriam acolhidos no velho hospital. Berthier sucumbiu em Bicêtre a 20 de dezembro de 1877, da "afecção dolorosa de que sofria havia vários meses". Antoine Ritti lhe suce­deria nas funções de inspetor-adjunto dos alienados do departamento do Sena, que ele ocupava então.

Entre suas publicações mais originais, ci­tamos: Da despopulação dos campos (1859), Excursões científicas nos asilos de alienados (quatro fascículos publicados entre 1862 e 1867), Erros e preconceitos relativos à lou­cura (1863), Causas da superlotação dos asilos e soluções para isso (1866) e uma importante monografia sobre "As neuroses menstruais".

Acesso à Plataforma

Assine a nossa Newsletter