BOUCHEREAU, Louis-Gustave (1835-1900)

Bouchereau nasceu a 20 de junho de 1835 em Montrichard (Loir-et-Cher). Recebido como residente dos Hôpitaux de Paris em 1863, seria aluno, na Salpêtrière, de Falret pai, de Vulpian e de Charcot. Depois de defender sua tese sobre as Hemiplegias antigas, em 1866, foi nomeado médico-administrador do escritório central de admissão do Asilo de Sainte-Anne, aberto a 1º de maio de 1867, com seu colega de residência Magnan, a quem ficaria ligado durante toda a vida por uma profunda amizade.

Médico da ambulância baseada no asilo durante o cerco de Paris, seria ele próprio atingido por uma bala na coxa, ao recolher feridos no combate de Châtillon. Com o fim da batalha, publicou com Magnan dois rela­tórios sobre a Estatística dos doentes aco­lhidos em 1870 e em 1871 pelo Escritório de admissão dos alienados do Sena e sobre a Estatística dos alcoolistas admitidos durante os meses de março, abril, maio e junho de 1870 e nos meses correspondentes de 1871 (isto é, durante a Comuna). Este último traba­lho, lido a 21 de novembro de 1871 na Aca­demia de Medicina, não foi estranho à pro­moção da campanha antialcoolismo que se desenrolou então na França.

Clínico antes de tudo, Bouchereau parti­cipou em 1873, com seus colegas de Sainte­Anne, do laborioso estabelecimento de um ensino que só seria oficializado em 1877. Em 1879, substituiu Prosper Lucas à frente do serviço das mulheres, exerceu a vice-presi­dência da Sociedade de Biologia em 1881 e 1886, presidiu em 1891 a Sociedade Médico­-Psicológica, e sucedeu em 1885 a Mitivié no secretariado da Associação de Previdên­cia dos Médicos Alienistas da França.

Pessoa muito afável, que seus colegas chamavam de "o excelente Bouchereau", morreu a 21 de fevereiro de 1900, quando se preparava para aposentar-se.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra - Pós-doc em Filosofia Membro do Viktor Frankl Institute Vienna Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.