MOEBIUS, Paul-Julius (1853-1907)

Privat Dozent de neurologia de Leipzig, Moebius descreveu um dos sinais oculares do bócio exoftálmico, publicou em 1901 um Tratado da debilidade intelectual fisiológica da mulher, que considerava um ser inferior, sujeito a manifestações essencialmente ins­tintivas, definitivamente bloqueado pelo me­nor desenvolvimento das suas circunvolu­ções cerebrais, situado a meio caminho entre a criança e o homem, na escala das capaci­dades físicas e mentais.

Mas foi também um dos primeiros a afir­mar, em 1888, em A propósito do conceito de histeria… a idéia de que as manifestações histéricas eram produzidas no nível do corpo por representações psicológicas. Em 1891, publicou a tradução alemã das Lições clínicas de Magnan e, retomando a noção de "dege­nerados superiores" – entre os quais ele se situava, aliás – inventou o que se chamariam patografias, biografias dos grandes homens baseadas na análise de sua hereditariedade, sua constituição e sua psicopatologia, gênero médico-literário ao qual o advento da psica­nálise daria um impulso particular.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra – Pós-doc em Filosofia
Membro do Viktor Frankl Institute Vienna
Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.