objetivo, transferência de

A transferência dos obje­tivos de uma pessoa de uma situação de vida para uma outra. O desenvolvimento da trans­ferência de objetivo é encorajado particular­mente na psicoterapia breve, em que as condi­ções não permitem o desenvolvimento e subse­qüente solução da neurose de transferência, tal como é definida pela psicanálise. A transferên­cia de objetivo é ilustrada pelo caso de um es­quizofrênico de 18 anos de idade cuja mãe não lhe dava independência. Ela vestira e alimentara o paciente durante a vida toda. O próprio pa­ciente desejava ser independente e, de fato, queria ser forte e dominante, como seu pai. Esses objetivos foram encorajados na terapia e pela forte personalidade masculina do terapeu­ta, que organizava situações especiais em que o paciente era capaz de tornar-se o líder ativo de um grupo pequeno. Essa transferência de obje­tivos anteriores para a situação terapêutica constitui a transferência de objetivo. Na situa­ção descrita, a transferência de objetivo foi re­forçada pela experiência de objetivo, quando o terapeuta manobrou o meio de modo que o paciente pudesse atingir suas metas.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra - Pós-doc em Filosofia Membro do Viktor Frankl Institute Vienna Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.