julgamento

Das muitas definições de julgamento, a mais comumente usada em psiquiatria diz respeito à capacidade para reconhecer as ver­dadeiras relações de idéias. Isso envolve o chamado julgamento ou juízo crítico. "Mas se, em psiquiatria e jurisprudência, falamos da capacidade de julgar, referimo-nos à capacidade para formar juízos, isto é, a capacidade para extrair conclusões corretas do material adqui­rido por experiência." (Bleuler).

Algumas autoridades fazem uma distinção entre julgamento crítico e automático, utilizando este último com referência à execução de uma ação como um reflexo. Quando um paciente com boa visão caminha diretamente para uma parede até esbarrar nela, em vez de parar ou mudar de direção, diz-se que o seu julgamento automático está deteriorado.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra - Pós-doc em Filosofia Membro do Viktor Frankl Institute Vienna Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.