‘stress’

Termo provindo da engenharia e usado por Hans Selye para descrever o esforço de um organismo para adaptar-se às demandas e pressões do dia-a-dia. Refere-se ao grau de desgaste causado pela vida, no próprio processo do viver. Não é patológico em si, como se costuma pensar no senso comum. É apenas o processo de adaptação: o organismo estressado é aquele que está sendo solicitado, desafiado, a fazer algo diante de uma situação dada. Segundo Selye "a vida é especialmente um processo de adaptação às circunstâncias em que subsistimos (…). O segredo da saúde e da felicidade reside no ajustamento bem sucedido às condições desse mundo (…); o preço do malogro, nesse grande processo de adaptação é constituído pela doença e infelicidade".

Comments are closed.