lei de avalanche

Lei da distribuição de energia no sistema nervoso, na concepção de Ramón y Cajal. Os estímulos sensoriais que chegam ao sistema nervoso geralmente são liberados através de várias vias de descarga, que tomam a forma de arcos reflexos. Quando alguns desses arcos reflexos são fechados, por assim dizer, como vias de liberação da energia nervosa, a energia é forçada a fluir através dos demais arcos.  É possível que – como na epilepsia, por exemplo – a energia represada, ao ser descar­regada, produza uma condição comparada por Cajal a uma avalanche.

"Essa concepção se aplicaria igualmente à epilepsia 'idiopática' ou 'genuína', ocorrendo gliose do Corno de Ammon, e os traços de caráter típicos, e às epilepsias com defeitos nítidos de desenvolvimento (idiotia), em que se pode pensar que não houve condições suficien­tes para a ocorrência da descarga de avalan­che." (Jelliffe & White)

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra - Pós-doc em Filosofia Membro do Viktor Frankl Institute Vienna Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.