ASCHAFFENBURG, Gustav (1866-1944)

Aschaffenburg nasceu em Zweibrücken (Pa­latinado) a 23 de maio de 1866. Em 1890, depois de terminar seus estudos de medicina, foi aperfeiçoar-se durante um ano em neuro­logia e psiquiatria em Paris e em Viena, junto a Meynert, assumindo depois um lugar no serviço de Kraepelin em Heidelberg, onde foi nomeado professor sem cátedra em 1900. Diretor do Asilo para Alienados Criminosos de Halle em 1901, recebeu três anos depois a cátedra de psiquiatria de Colônia, onde per­maneceria até sua aposentadoria em 1934, assumindo ao mesmo tempo a direção da enfermaria de alienados do Asilo de Lin­denthal. Morreu a 2 de setembro de 1944, nos Estados Unidos, para onde emigrara em 1939, por hostilidade ao regime hitlerista. Os trabalhos de Aschaffenburg se referem principalmente à psiquiatria médico-legal. A partir de 1904, dirigiu a Revista de Psicologia Criminológi­ca, mas é conhecido principalmente por ter organizado a publicação do célebre Hand­buch der Psychiatrie, usualmente conhecido como Tratado de Aschaffenburg, obra coleti­va monumental em vinte volumes, na qual foi publicado em 1911 o texto princeps de Eugen Bleu­ler sobre a "Demência precoce ou o grupo das esquizofrenias".

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra - Pós-doc em Filosofia Membro do Viktor Frankl Institute Vienna Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.