barbitúricos

Grupo químico de sedativos do sistema ner­voso central, derivados do ácido bar­bitúrico (maloniluréia); entre eles estão o fe­nobarbital (Gardenal), amital, pentobarbital, seconal, evi­pal e pentotal. Existem muitas drogas sedativas e hipnóticas de ação similar, mas que não são barbituratos, que produzem a mesma espécie de complicações, abuso e de­pendência observados com os barbituratos, porém sem levar à depressão respiratória, que faz do barbiturato uma droga letal; en­tre elas estão os tranqüilizantes menores (ansiolíticos) benzodiazepínicos, por exemplo, clordiazepóxido (Librium), diazepam (Valium), mepro­bamato (Equanil), oxazepam (Notaral), e outros, mais sedativos, os hipno-indutores benzodiazepínicos, por exemplo, nitrazepam (Mogadon), flurazepam (Dalmadorm), flunitrazepam (Rohypnol): suspenso nos USA pelo abuso dos jovens, midazolam (Dormonid), e tantos outros.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra - Pós-doc em Filosofia Membro do Viktor Frankl Institute Vienna Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.