Estudos dizem que a depressão pós-parto pode estar relacionada ao nascimento de meninos

Um estudo frances avaliou 181 mulheres que tinham dado à luz nos últimos dois meses em hospitais no Leste da França, pedindo-lhes que dessem informações sobre a sua adaptação à maternidade e sua qualidade de vida.

Um estudo frances avaliou 181 mulheres que tinham dado à luz nos últimos dois meses em hospitais no Leste da França, pedindo-lhes que dessem informações sobre a sua adaptação à maternidade e sua qualidade de vida.

Eles avaliaram se as mulheres tiveram depressão e também a sua qualidade de vida após o nascimento do bebê, utilizando um questionário que perguntava sobre seu estado físico, dor corporal, vida social, e vitalidade, entre outras perguntas. Nos resultados encontrados, das 181 mulheres entrevistadas, 124 não tinham depressão, 40 tinham leve depressão, e 17 tiveram depressão grave.

Quando os investigadores analisaram os sexos distribuição em cada grupo, eles verificaram que as 124 mães sem depressão deram à luz a um número próximo de meninos (59) e meninas (65). Das 40 com depressão leve, 24 tinham tido meninos e 16 meninas. Aquelas com depressão grave, no entanto, tiveram muito mais probabilidade de dar à luz a meninos. Das 17 com depressão grave, 13 tiveram meninos e quatro tiveram meninas.

Saiba mais…

Fonte: Notícias de Saúde

,

Comments are closed.