cisterna, punção na

Técnica para ganhar acesso ao espaço subaracnóide mediante a introdução de uma agulha (punção) na cisterna magna. Torna-se necessária quando a punção lombar, método de eleição, é impossível, por alguma razão; também se emprega para a injeção de ar ou de um veículo de contraste para fins de diagnóstico, e para a introdução de substâncias terapêuticas. É contra-indicada em casos de tumor ou abscesso na fossa posterior, de eleva­ção da pressão intracraniana, e quando há a possibilidade da cisterna magna ser obliterada por aderências inflamatórias.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra – Pós-doc em Filosofia
Membro do Viktor Frankl Institute Vienna
Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.