clivagem

1. No processo de desenvolvimento de qualquer organismo originado por reprodução sexual, o termo clivagem (ou segmentação) assi­nala a fase, no desenvolvimento embriológico de um ovo fertilizado, que se segue à fertiliza­ção e é, de fato, iniciada por ela. A reprodução que ocorre sem prévia fertilização tem o nome de partenogênese.

O modo de clivagem é condicionado pelo caráter do ovo; é do tipo miolecital (com pouco vitelo) no caso do óvulo humano.

O caráter do ovo, quanto ao conteúdo vite­lino, impõe um tipo particular de clivagem, que influi em toda a série de fases subseqüentes do desenvolvimento inicial. Os miolécitos segmen­tam-se totalmente, sendo o resultado dessa seg­mentação os blastômeros, que são todos do mesmo tamanho. Este tipo de clivagem é co­nhecido como segmentação holoblástica igual ou, no caso da segmentação humana, com blas­tômeros de dimensões quase – mas não intei­ramente – idênticas, como segmentação holo­blástica quase-igual .

Até atingir a fase de 32 células, o produto da segmentação do ovo miolecital é uma sólida esfera de células a que se dá o nome de mórula. Em seguida, aparecerá uma cavidade central e o ovo em processo de segmentação torna-se urna blástula.

2. Em psicanálise o termo é sinônimo de cisão ou splitting.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra – Pós-doc em Filosofia
Membro do Viktor Frankl Institute Vienna
Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.