Análise existencial logoterápica de Frankl

Viktor Emil Frankl (1905-1998), discípulo dissidente de Adler, conquistou posição própria e de destaque dentre as psicoterapias existenciais, criando a Logoterapia (ou Terceira Escola de Viena de Psicoterapia), a que nós preferimos chamar de Teologoterapia, devido ao profundo espírito pastoral de seu trabalho.  Com acurada crítica da Ontologia de Heidegger, extraiu dela o que lhe parecia válido, para a estruturação de uma nova psicoterapia. Em oposição tanto ao determinismo psíquico freudiano, quanto ao teleologismo adleriano, Frankl socorre-se de sua considerável experiência clínica e de vida. Assim, deles se distingue pela maior ênfase com que afirma a autonomia da dimensão espiritual do homem, como ser-livre-conscientemente-responsável.

Para Frankl, nada é mais importante do que a busca pelo sentido da vida. Dizer que esta é um fim em si mesma, equivale a negar-lhe qualquer sentido convertendo o ente humano em vítima indefesa dos fatalismos do destino. Semelhante atitude não passa de um estratagema pseudocientífico; é uma cômoda cobertura, que visa a colocar o homem sob o império de seus impulsos instintivos, ou torná-lo joguete de disposições genéticas irremediáveis, ou ainda, institucionalizar falhas de conduta e desvios caracterológicos, fruto dos defeitos educacionais de seu ambiente familiar e escolar, ou gerados pela pressão social do meio em que vive, fatores contra os quais seria inútil rebelar-se.

Frankl mostra que por mais grave que seja uma doença, física ou mental, o ser humano é dotado de uma dimensão que jamais é atingida: a noética, ou espiritual. É bom insistir que este espiritual nada tem a ver com o espiritualismo místico-religioso, sobrenatural, mas é a instância natural mais nobre e elevada em valores que todo homem possui. Assim, para a logoterapia o homem é uma unidade composta pelo amálgama biopsicosocionoético, e é, exatamente, o noético que Frankl procura alcançar. Acrescentamos, porém, o forte teísmo de Frankl, impregnando todos seus gestos.

 

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra - Pós-doc em Filosofia Membro do Viktor Frankl Institute Vienna Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.