combinação

Em genética, este termo refere-se às variações hereditárias que representam o efeito da hibridação e que ocorrem em produtos cru­zados resultantes da união entre dois indiví­duos com equipamento hereditário desseme­Ihante. A formação de novas combinações here­ditárias que explicam a maioria das diferenças genéticas entre animais e plantas, e também por que os híbridos não reproduzem fielmente os ascendentes, ocorre de acordo com a lei men­deliana, a qual governa a recombinação dos di­ferentes fatores genéticos envolvidos num dado cruzamento.

Pearson usou o termo combinação para se referir ao que considera ser o mecanismo mais primitivo de aprendizagem: a unificação de im­pressões sensoriais vindas de fora com percep­ções decorrentes de estímulos instintivos (in­ternos).

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra – Pós-doc em Filosofia
Membro do Viktor Frankl Institute Vienna
Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.