complexo de Fedra

Refere-se à mãe que se apaixo­na por seu filho. O termo também é usado com referência a uma atração não-patológica entre padrasto e enteada (ou madrasta e enteado), uma contrapartida da relação edipiana, obser­vada mais freqüentemente em conseqüência das taxas cada vez maiores de divórcio e novo ca­samento.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra - Pós-doc em Filosofia Membro do Viktor Frankl Institute Vienna Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.