comporta espinhal

Uma teoria de como os impul­sos de dor são conduzidos no sistema nervoso central; de acordo com essa teoria, as fibras aferentes exercem uma ação inibitória sobre a percepção da dor, e um mecanismo analisador ou coordenador nas células da substância gela­tinosa (a comporta espinhal ou mecanismo regu­lador de fluxo) transmite a soma do estímulo líquido proveniente dos sinais excitatórios e ini­bitórios para o cérebro, e também modifica os próprios sinais de dor de acordo com as men­sagens que chegam ao núcleo, vindas dos cen­tros superiores. Tal teoria fornece um modo de explicar a influência da personalidade, recor­dação de experiências passadas, fatores emo­cionais etc. sobre a experiência total de dor, e sugere ainda que o alívio da dor pode ser conseguido não só pela interrupção das fibras excitatórias, mas também pela estimulação das fibras inibitórias de dor.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra – Pós-doc em Filosofia
Membro do Viktor Frankl Institute Vienna
Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.