comportamento criminótico

Termos como crimi­nótico, comportamento criminótico, criminose, foram introduzidos na literatura psiquiátrica por A. Foxe. A palavra criminose foi criada á semelhança do modelo de neurose e psicose quanto à forma; difere, porém, quanto ao sig­nificado, pois não conota especificamente uma doença mental. O criminótico não é necessaria­mente um doente mental ou emocional, mas o termo criminose subentende essa condição. E o termo comportamento criminótico refere-se às atividades de cometimento de crimes por essa pessoa como constituindo as provas evidentes de criminalidade ou criminose.

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra – Pós-doc em Filosofia
Membro do Viktor Frankl Institute Vienna
Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.