conceito de fezes-criança-pênis

Segundo a psica­nálise, muitos fatores relacionados com a fase anal influem significativamente nos complexos de Édipo e de castração. Escreveu Freud: "A oferta de fezes por amor a outrem torna-se um protótipo de castração; é a primeira ocasião em que um indivíduo renuncia a um pedaço de seu próprio corpo (é assim que as fezes são invariavelmente tratadas por crianças) a fim de obter os favores da pessoa a quem ele ama. De modo que o amor de um indivíduo ao seu pró­prio pênis, que narcisista sob outros aspectos, não está isento de um certo elemento de erotis­mo anal." O mesmo raciocínio aplica-se ao con­ceito de criança e ao de seio, e a equação simbó­lica seio-fezes-pênis-criança está na raiz de mui­tas fantasias de gravidez. (Freud)

About Adalberto Tripicchio

Psiquiatra – Pós-doc em Filosofia
Membro do Viktor Frankl Institute Vienna
Docente da BI Foundation FGV/Berkeley

Comments are closed.